31 de ago de 2015

Prevenção de acidentes é sempre um ato de amor

Quem tem crianças em casa sabe que não há saída, temos que ficar sempre atentos e as crianças devem ser supervisionadas.

Segundo dados do Sistema Único de Saúde, são 1.100 vítimas de afogamento por ano! Sim, é mesmo de surpreender! E mais, a maioria de mortes desses acidentes ocorrem com crianças de 0 a 4 anos de idade.

Por isso, é muito importante prevenir. E o bom é lembrar que existem algumas providências que podem realmente fazer a diferença.

Em poucos segundos uma criança pode ficar submersa e essa ocorrência pode gerar danos irreparáveis. Assim, só encha a banheira realmente na hora do banho e esvazie logo que terminar. Quando a gente fala em encher a banheira, na verdade deve ser longe disso! A água não deve passar de 3 dedos de altura. E, claro, nunca deixe uma criança pequena sem assistência na hora do banho.


A hora do banho do bebê e da criança é um momento para ser tranquilo e bem prazeroso. Assim, conheça algumas dicas mais para que possam desfrutar desse momento em um ambiente adequado.

A banheira também deve conter um anti-derrapante que evite que a criança escorregue e caia na água assustada. Existem vários tipos no mercado e até uns bem bonitinhos e decorativos!



Uma outra lembrança boa é que tomadas e água não combinam. Recomendamos sempre o uso de protetores de tomadas. Ao usar um equipamento, desligue da tomada, enrole o fio, e o guarde.

E, acredite! Muitos acidentes ocorrem no vaso sanitário. Lembre que muitas vezes a cabeça da criança é mais pesada que o corpo e ela cai pra frente. Isso pode acontecer com ela querendo abrir o vaso. Colocar a mão dentro do vaso também pode levar a criança a se contaminar. Mantenha o vaso sempre fechado e, sendo necessário, use travas para mantê-lo assim.


Ficar em cima do vaso sanitário, ou tentar se equilibrar nele, sem, por exemplo, o uso do redutor de assento, pode ocasionar a quebra da louça e cortes graves. Isso também pode se dar com pias. Muitas vezes esses elementos sequer estão bem presos ao chão. Assim, de forma alguma seu filho deve subir ou se pendurar no vaso ou na pia!


Outro tema importante ainda sobre acidentes domésticos com água, são as piscinas. As piscinas devem ter acesso isolado. O ideal é que recebam uma cobertura bem justa ou grade em volta com pelo menos 1,5m de altura. A boa manutenção da piscina é uma tarefa essencial e deve haver boas tampas nos ralos de sucção, pois esses podem sugar cabelos e outras partes do corpo sendo muito difícil se desvencilhar.



Ensinar seu filho a nadar desde pequeno é também uma medida que colabora para evitar ainda mais acidentes. Além de ser ótimo para a saúde!

Crianças Protegidas = Família Feliz.



Beijos,
Caprichosas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...